fbpx

O que leva grandes marcas a investirem em mascotes personalizados?

Magazine Luiza, Natura e Casas Bahia… O que essas empresas têm em comum? Você com certeza conhece algum de seus mascotes. Confira nosso conteúdo e saiba tudo!
4 min. de leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Mascote personalizado para empresa

Magazine Luiza, Natura e Casas Bahia… O que essas empresas têm em comum, além do fato de serem gigantes do mercado? Se você lembrou da Lu, da Nat e do Baianinho (rebatizado de CB), acertou! Todas essas grandes marcas do varejo brasileiro contam com mascotes personalizados. Mas o que as leva a investir nesses personagens? A resposta para essa pergunta é humanização.

A Lu do Magalu, por exemplo, nasceu em 2003 para humanizar a experiência de compra no e-commerce do Magazine Luiza, já que, naquela época, ainda não era comum efetuar compras em lojas virtuais. Assim, os clientes tinham receio de incluir seus dados bancários no site.

A ideia deu tão certo que, em 2009, a Lu assumiu as redes sociais da marca, conquistou uma série de fãs e foi eleita, pelo site Virtual Humans, a influenciadora virtual com mais seguidores no mundo, somando cerca de 55 milhões de pessoas em todas as suas redes sociais e ultrapassando inclusive a boneca Barbie. Tá podendo, hein!

Como toda boa influenciadora, a Lu é frequentemente contratada por outras marcas para fazer propaganda. Um exemplo recente foi a parceria entre o Magazine Luiza e a Comfort.

Lu do Magalu lavando roupas na máquina de lavar com amaciante Comfort
Reprodução: Instagram @magazineluiza

Além das publis, a Lu faz postagens com memes em alta e sobre assuntos do momento, gerando empatia e identificação com o público. Um exemplo é o post da Lu chorando após o Brasil ter sido eliminado da Copa do Mundo da Rússia em 2018 – que, convenhamos, foi de chorar mesmo. A publicação gerou tamanho engajamento entre os brasileiros que era comum ver mensagens do tipo “Neymar, olha o que você fez” em resposta ao post.

Através das mascotes personalizadas, é possível, ainda, lançar campanhas de marketing com grande potencial de engajamento. Certa vez, Lu publicou o seguinte tuíte:

Postagem da Lu do Magalu no Twitter
Reprodução: Twitter @magazineluiza

Muitas pessoas responderam ao post, oferecendo apoio e até dizendo que a entendiam, mesmo não sabendo do que se tratava. Afinal de contas, quem nunca passou raiva que atire a primeira pedra.

Mais tarde, Lu revelou que o motivo de sua irritação era que seu celular estava péssimo e que ela não estava sozinha nessa. Divulgou, em seguida, que no Magazine Luiza qualquer celular usado valia um superbônus na compra de um smartphone top. Vai dizer que essa jogada de marketing não foi das boas, hein?

Outra ocasião que tornou a mascote ainda mais humanizada foi quando Lu desabafou com o público sobre estar sendo assediada, pois recebia com frequência “cantadas” desrespeitosas, como “Quero vê-la de biquíni e nua” ou “Oi, gostosa, me passa o seu Whats”.

A publicação gerou grande repercussão, pois muitas mulheres (infelizmente) se identificaram com o relato de Lu e enviaram respostas, como “Somos todas Lu” e “Forças, Lu”, além de comentários criticando o machismo estrutural presente em nossa sociedade.

Postagem da Lu do Magalu pedindo respeito às mulheres
Reprodução: Twitter @magazineluiza

Além de tudo isso, a Lu já estampou capa da Vogue, foi entrevistada por Marília Gabriela, dançou ao lado de Anitta e participou da Dança dos Famosos, fortalecendo ainda mais sua imagem humana com o público brasileiro.

Lu do Magalu sendo entrevistada por Marília Gabriela
Reprodução: Instagram @magazineluiza

A Lu do Magalu é apenas um exemplo do que uma mascote personalizada pode fazer por sua empresa. Por conta de todas essas vantagens e de muitas outras que sequer puderam ser mencionadas, grandes companhias estão investindo na criação de mascotes personalizados. E você? Vai ficar de fora dessa?

Como a Getbots pode me ajudar a desenvolver mascotes personalizados?

We speak human. Esse é nosso lema, porque unir ideias humanas ao poder computacional para criar experiências inesquecíveis entre marcas e seus consumidores faz parte da nossa história e do nosso trabalho.

O objetivo do time da Getbots é entregar interfaces conversacionais altamente personalizadas e humanizadas, com o estudo do público-alvo, da brand persona, das metas e das reais necessidades da empresa.

Assim, é possível criar todo o conceito envolvido na interface e dar vida a ele pelas mais avançadas tecnologias de Inteligência Artificial, como Machine Learning e Processamento de Linguagem Natural.

Então, se você pretende criar ou renovar sua brand persona, desenvolver ou transformar sua mascote personalizada em um chatbot, ou assistente virtual, conte com a Getbots e tenha uma figura de impacto representando sua empresa!

Conheça as soluções que a Getbots pode fazer para o seu negócio em getbots.com.br

Avalie este artigo Quantas estrelas este artigo merece?
0 / 5

Sua avaliação:

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-mail

Veja também

Posts relacionados

Como funcionam os chatbots para WhatsApp?

Cada vez mais indispensável para a comunicação cliente-empresa, os chatbots para WhatsApp estão evoluindo e hoje possuem diferentes funcionalidades

Comentários

Faça uma busca no Blog: