Chatbots bons de papo:

como trabalhar a humanização do seu bot

Não basta apenas projetar um chatbot que resolva problemas e tire dúvidas de modo eficiente, é preciso garantir que o bot ofereça uma experiência de atendimento positiva, personalizada e humanizada ao cliente.

3 passos para fazer o planejamento do seu chatbot

Seta

1. Considere a perspectiva do usuário

O primeiro passo é ter em mente que o chatbot será utilizado por seres humanos. Lembre-se de levar em consideração a perspectiva e também a expectativa do cliente em cada etapa do projeto, ou seja, desde o planejamento até a implementação e monitoramento.

O segundo ponto é ter em mente qual a finalidade do chatbot para o negócio. Essa informação é vital para o projeto, pois vai guiar todo o processo ao lado da brand persona. Para isso, questione-se sobre por qual motivo quer implantar o bot e qual desafio pretende solucionar.

2. O chatbot atende aos objetivos da empresa?

O terceiro passo é garantir que o processo de criação do chatbot seja realizado conforme o planejado. Para isso, é fundamental o trabalho de profissionais especializados e experientes no desenvolvimento de bots humanizados.

3. Tenha uma boa gestão de projeto

Como fazer seu chatbot ser bom de papo

Seta

1. Defina uma personalidade que carregue a identidade da sua empresa

Pessoas são únicas. Cada uma tem seu ponto de vista, seus hábitos, gostos pessoais e um jeito particular de se expressar. E se você pretende criar um bot humanizado, ele precisa contar com tudo isso, e cada característica deve estar alinhada aos valores e à identidade da marca.

O diálogo com o chatbot deve ser estruturado a fim de fluir como um bate-papo agradável. Para isso, é importante priorizar mensagens simples, diretas, objetivas e de fácil compreensão, ou seja, que não deem margem para ambiguidades e outras interpretações.

2. Garanta uma comunicação estruturada

A vantagem de estar no meio virtual é que você tem à sua disposição diversos recursos de interatividade, muitos deles usados cotidianamente em conversas nas redes sociais. Então, se o objetivo é humanizar, não tenha dúvida: explore imagens, vídeos, emojis, botões e muito mais!

3. Utilize recursos de interatividade

Uma boa conversa é aquela que soluciona ou, pelo menos, encaminha o usuário para uma solução. Por isso, o bot deve oferecer um fluxo de respostas que direcione o usuário para esse fim. Para garantir um bom resultado, invista em testes com uma amostra diversificada de pessoas.

4. Ofereça uma solução

5. Invista em um trabalho de melhoria contínua

Somos seres dinâmicos e sob constante transformação. Então não basta apenas colocar o bot em ação e pronto! É preciso monitoramento e treinamento contínuo da Inteligência Artificial para que ela se adapte às mudanças que ocorrem na sociedade e continue aprimorando seu desempenho.

● Atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana ● Capacidade de atender a vários usuários simultaneamente ● Possibilidade de integração com diferentes plataformas ● Oportunidade de engajar os clientes por meio da humanização do chatbot ● Otimização do tempo ● Economia de recursos

Vantagens de adotar o serviço de chatbots para sua empresa

A Getbots é especialista quando o assunto é unir poder computacional e ideias humanas para criar chatbots humanizados.  Quer saber por quê?

Entre em contato com e conheça mais sobre o nosso trabalho!

Anéis azuis
Vários anéis azuis
Vários anéis azuis